Blog do Tião Lucena

Blog do Tião Lucena

Postagens

  • Publicado por Tião Lucena em 15.04.2014


    André Vargas não aguenta mais e anuncia sua renúncia nesta terça-feira


    Sob pressão desde que foram reveladas suas ligações com um doleiro preso na Operação Lava-Jato, da Polícia Federal, o deputado André Vargas (PT-PR) confirmou que vai renunciar ao mandato nesta terça-feira (15). Em entrevista à Folha de S. Paulo, Vargas disse que não tem saída e que tomou a decisão, não por apelo do partido, mas para preservar sua família. “Vão continuar me sangrando até quando?”, disse ele à repórter Natuza Nery.

    O deputado responde a processo por quebra de decoro parlamentar no Conselho de Ética e também é alvo de pedido de investigação no Supremo Tribunal Federal (STF). O caso é relatado pelo deputado Júlio Delgado (PSB-MG), que irá nesta terça à Polícia Federal requisitar acesso a dados da investigação sobre lavagem de dinheiro. André Vargas alega inocência e que jamais atuou para favorecer o doleiro: “Nunca pedi nenhum favor nem advoguei”.

    Na semana passada, o líder do PT na Câmara, Vicentinho (PT-SP), chegou a ler uma carta em que o colega, que havia se licenciado do mandato por 60 dias, renunciava à primeira vice-presidência da Casa. Como o documento não chegou à Secretaria-Geral da Mesa, Vargas continua ocupando o segundo posto mais importante da Câmara.

  • Publicado por Tião Lucena em 15.04.2014


    Anísio nega acusações a Gervásio e Trócolli, mas publica matéria em seu site pessoal citando nomes dos deputados


    O deputado Anísio Maia (PT), que tem acusado os deputados peemedebistas Gervásio Maia e Trócolli Júnior de trocar votos na Assembleia Legislativa por favores do governador Ricardo Coutinho (PSB), afirmou que não havia citado o nome dos parlamentares em suas denúncias à imprensa na semana passada, porém publicou em seu site pessoal na internet as acusações em que cita o nome dos dois deputados do PMDB.

    Nesta segunda-feira (14),o deputado Gervásio Maia afirmou que vai entrar com uma interpelação judicial para que Anísio comprove as acusações divulgadas pela imprensa. "Eu vi as declarações do deputado Anísio, onde ele diz que deputados do PMDB teriam negociado com o Governo. Estou com uma interpelação judicial e espero que ele consiga responder de fato quem são os deputados que negociam com o governador", explicou o deputado.

    Anísio, que também atribuiu aos colegas parlamentares o fato de ter abandonado a liderança da bancada de oposição na Casa, ressaltou durante a manhã desta segunda-feira que em nenhum momento havia citado o nome dos deputados Gervásio e Trócolli durante suas declarações, apesar de publicar, em seu portal pessoal, matéria acusando os dois colegas parlamentares.

    "Em nenhum momento usei o nome de nenhum deputado. Se eles estão tentando rebater minhas acusações é porque a carapuça deve ter servido", disse Anísio Maia quando questionado sobre o pedido de interpelação judicial do deputado Gervásio Maia.

    Abaixo segue link da matéria:

    http://anisiomaia.com.br/noticia/anisio-maia-acusa-deputados-da-oposicao-de-favorecer-o-governo-na-alpb

  • Publicado por Tião Lucena em 15.04.2014


    Advogada conta como sofre quem precisa do TJ


    Advogada aprovada no concurso do TJPB e ainda não nomeada, escreve ao  Blog contando o calvário dos que precisam da justiça e são mal atendidos nos cartórios por falta de pessoal. Sem maiores delongas, leia a carta:

    Prezado Tião Lucena,

    Boa Noite,

    Gostaria de, primeiramente, parabenizá-lo pela postagem do seu blog sobre o concurso do TJPB/2008. Suas palavras foram sábias e muito bem postas, porém, quem lhe contou a história, provavelmente foi um aprovado/classificado para auxiliar administrativo.

    Gostaria de dizer a aflição dos Técnicos e Analistas JUDICIÁRIOS, igualmente aprovados e classificados no concurso. Muitos deles (e eu me incluo neste montante) são ADVOGADOS e esperam a nomeação para sair desta "vida sofrida" que se tornou INFELIZMENTE a advocacia, com processos que demoram ANOS para serem julgados.

    Enquanto os auxiliares e técnicos ADMINISTRATIVOS não conseguiram suas nomeações no interior, nós, APROVADOS/CLASSIFICADOS da área JUDICIÁRIA somos obrigados a tolerar a ausência das nossas nomeações mesmo conhecedores da demora processual absurda que existe no Tribunal, existindo processos que passam MESES sem qualquer movimentação e, quando se vai saber o motivo, este é uníssono: FALTAM FUNCIONÁRIOS NOS CARTÓRIOS.

    "Casa de ferreiro, espeto de pau", "Faça o que eu digo, mas não faça o que eu faço" foram BRILHANTEMENTE POSTAS E RETRATA PERFEITAMENTE COM A SITUAÇÃO, mas esta não é apenas a realidade dos ADMINISTRATIVOS, o problema está TAMBÉM NOS CARTÓRIOS, os JUDICIÁRIOS, que apesar do número dos que já foram convocados, AINDA NÃO SUFICIENTE PARA SUPRIR O DEFICIT DE FUNCIONÁRIOS PARA AGILIZAR A MOVIMENTAÇÃO PROCESSUAL, e, por vias de consequência, MELHORAR A PRESTAÇÃO JURISDICIONAL EM NOSSO BELO ESTADO PARAIBANO.

    Agradeço a atenção,

    At.te,

    Flávia Nóbrega
    Aprovada/Classificada TJPB/2008
    3ª Região - Tec. Judiciário - Área Judiciária
    Campina Grande - PB

  • Publicado por Tião Lucena em 15.04.2014


    Eu aumento, mas não amamento


    Politico e eleitor
    Besta é o eleitor que briga com o vizinho por causa de política. Os políticos fingem que brigam entre si para enfurecer a massa ignara. Esta briga, se esgoela, se intriga, desfaz casamentos, mata e morre, para no final assistir a reconciliação dos seus ídolos, que ficam a trocar beijos e abraços entre si, mangando dos bestas que deram a alma acreditando na sinceridade dos espertos.
    Campanha à porta
    Uma campanha política está à porta do eleitor. Os chamados homens públicos já visitam as cidades, as bibocas, as grotas e veredas buscando o eleitor por eles esquecido nos últimos quatro anos. E o pobre do eleitor, masoquista de nascença, esquece rápido as ingratidões sofridas para de novo se deixar levar pela lábia envolvente do mentiroso, que outra vez quer seu voto para se dar bem e ajeitar os seus.
    E haja traição
    A Paraíba assiste a um pré-início de campanha diferente. O verbo trair passou a ser conjugado muito cedo. Amigos fraternos, que juravam amor e fidelidade, se apartam, se afastam e se largam com a rapidez do relâmpago, tudo em nome dos interesses pessoais de cada um e do egoísmo comum a todo político.
    Arte culinária
    Se a coisa continuar nessa pisada, juro que vou transformar este blog num manual de arte culinária a publicar receitas de como fazer buchada de bode, mocotó de boi, tripa de porco, chourisco, galinha a cabidela, costela no bafo, maxixada, umbuzada, quiabada e outros quitutes da nossa cozinha regional. Garanto que vou contribuir melhor com o gosto e a alegria da população.
    Eu avisei
    Eu avisei a Nadja Palitot que ela estava entrando numa furada com esse negócio de candidatura a governadora pelo PT. Nem foi à convenção! Numa reunião de pouca gente, a candidatura da brava guerreira foi arquivada e aberta as portas do partido para uma coligação com o PMDB do correto Zé Maranhão.
    Mais chuva
    Anuncia-se mais chuva no Nordeste. Os matutos sertanejos estão animados. Esta semana fui a Patos e vi as lagoas e açudes de beira de estrada cheios. Só não escutei os sapos cantando. Também não vi uma só roça plantada. Dizem que o sertanejo, depois do bolsa família, ficou preguiçoso.
    Agiota
    Prefeito de cidade sertaneja teria usado dinheiro de verba federal para pagar a agiota . A denúncia está circulando por aí e se fala em soma altíssima, coisa de 100 mil reais pra cima.
    Maria Doida
    Engraçado, até agora Maria Doida não anunciou sua candidatura a deputada estadual. Estará, por acaso, sendo sondada para compor a chapa de alguém como candidata a senadora?
    Lourdes Sarmento
    E Lourdes Sarmento, vai ou não vai se candidatar a governadora pela milésima vez?
    Uray
    Continuando nessa pisada, cadê Uray que ainda não apareceu para dizer que quer ser deputado? Estará ocupado demais comendo as índias de Baía da Traição?
    Mário da Cruz
    Certamente Mário da Cruz não faltará nessa campanha que se avizinha, pedindo votos aos eleitores e dizendo o seu “Xô, Satanás!”

  • Publicado por Tião Lucena em 15.04.2014


    Zefa da Pedreira, a defeituosa da terça


  • Publicado por Tião Lucena em 15.04.2014


    Anjos e demônios


    Martinho Moreira Franco
    Pelos pecadores, pagam os inocentes. Cometi o pecado de generalizar o balcão do cinema como espaço para perdição, terminei comprometendo a lembrança de quem guarda memória bem diversa do pavimento superior das antigas salas de exibição da cidade. Que fazer, então? Apelar a “São” Ataulfo Alves, ora! Ou perdão não foi feito pra gente pedir? Que se sintam desagravados, por conseguinte, e pelo próprio autor do agravo, todos os cândidos ex-frequentadores do recinto.
    Nem tão cândidos assim, convenhamos. Na verdade, mesmo sem as segundas intenções alegadas por Paulo Melo, quem subia os degraus para o que Manuel Jaime chamou de mezanino, referindo-se ao velho Cine e Teatro São Pedro, fazia-o movido por desejos de conquista, sim. Ainda que sem maus pensamentos. Falo por mim: não fui possuído por malícia nenhuma quando marquei encontro no balcão do Rex com uma aluna do Liceu que viria ser minha primeira namorada. Marquei por entender que o escurinho ali combinava melhor com a minha timidez. E também por receio, confesso, pois estaria supostamente protegido da vigilância de um irmão dela metido a cavalo do cão. E ainda por julgar que um “fora” no primeiro andar seria menos exposto do que no salão do térreo. As intenções, portanto, eram as melhores possíveis. E tiveram final feliz, como nos filmes de matinê daquela época.
    É, mas havia outros tipos entre os que habitualmente frequentavam os balcões do Rex, do Plaza, do Santo Antônio e do Cine Brasil. Além dos pecaminosos e dos inocentes, havia os comodistas e os que se dedicavam a perturbar a comodidade dos outros. Os primeiros se dirigiam ao andar superior para garantir lugar na primeira fileira com visão superprivilegiada, posto que sem nada a interferir entre o olhar e a tela. Os segundos escolhiam o balcão para travessuras como jogar peteca em direção à plateia lá embaixo. Tinha os que preferiam o requinte de usar como estilingue de balas o elástico da embalagem de um bombom conhecido como yôyô. E era dos carecas que essas balas gostavam mais. Não raro, subia alguma vítima para tomar satisfações, embora careca de saber que seria difícil identificar o autor do arremesso. Alguns perturbadores cometiam o excesso de disparar cusparadas para o térreo, atitude com a qual não concordavam nem mesmo os mal-educados contumazes. A fauna, portanto, era bastante variada.
    Aliás, conta-se que no Rex, certa vez, um afoito espectador teria arremessado um frango vivinho da silva lá de cima, reeditando assim a façanha de um gaito que provocou a maior correria em matinal no Cine São Luiz, do Recife, fato este noticiado pelo “Diário de Pernambuco”. Não sei se há menção em diários locais à suposta ocorrência em João Pessoa, mas me lembro como se fosse hoje da notícia publicada no jornal Associado do Recife. E digo mais o seguinte: assisti a algumas matinês no São Luiz e, realmente, parte da plateia do balcão de lá fazia as travessuras daqui parecerem inocência de anjinhos. Da cara suja, vá lá que seja, mas anjinhos. O pecado morava ao lado.
    ---------------------------------------------
    Martinho Moreira Franco escreve em A União aos domingos e quintas-feiras

  • Publicado por Tião Lucena em 14.04.2014


    Eduardo Campos se lança candidato a presidente com Marina Silva como vice


    O presidente do PSB, Eduardo Campos, anunciou, nesta segunda-feira (14), que vai encabeçar a chapa que disputará a presidência da República nas eleições de 2014. A ex-senadora Marina Silva integra a chapa PSB-Rede como candidata à vice-presidente.

    Campos é agora oficialmente pré-candidato à presidência da República. No entanto, os nomes ainda precisam ser confirmados na convenção do partido, que será realizada em junho.

    O lançamento da chapa ocorreu em Brasília, com a presença da família de Campos e de Marina, além de militantes do partido de todo País. Políticos do PSB também participaram do evento.

  • Publicado por Tião Lucena em 14.04.2014


    Santiago oferece um cargo de secretário a Cicero numa futura administração de Cássio


    Pelo jeito como falou hoje, na 95.3 de João Pessoa, Wilson Santiago não tem mais dúvidas de que fará aliança com Cássio Cunha Lima e ainda se deu ao desfrute de oferecer ao senador Cicero Lucena, de quem ele vai tomar a vaga como candidato ao Senado, um cargo de secretário numa futura administração de Cássio.

    Primeiro ele deu uma amaciada: - Todos nós sabemos a liderança do senador Cícero e a importancia dele nesse processo. Tenho certeza que pela importância que ele tem para o partido e para a Paraíba ele facilitará para que tenhamos uma aliança de sucesso.

    E depois a facada:- Cícero é senador e tem condições para ocupar qualquer cargo na chapa majoritária como também na gestão estadual.

    Resta saber se Cicero vai aceitar.


1 2 3 4 5 6





Perfil do Tião Lucena

Tião Lucena, nascido e criado no Sertão, é jornalista desde 1975, tendo começado em A União como repórter e trabalhado em O Norte, no Correio da Paraíba, no Jornal O Momento e no jornal de Agá. Nos três primeiros desempenhou as funções de repórter, editor político, editor do interior, chefe de reportagem e secretário de redação. Também foi vice-presidente da API e diretor do Sindicato dos Jornalistas. Cansou de trabalhar em jornais, cansou de patrões e resolveu criar um espaço somente seu na internet, onde pretende fazer um jornalismo sem cabresto e sem censura.

Publicidade

Entrevista

"O jornalismo atual perdeu a compostura"

Frutuoso Chaves

Entrevista com: Frutuoso Chaves

Usuários Online

No momento temos lendo este blog. No total, 13732118 pessoas visitaram esta página.

 

Coluna do Tião

Nos tempos de jornal (63)

Nos tempos de jornal (63)

Clima

 

Coluna do Chico Pinto

SEM CAMPINA GRANDE FICA DIFICIL

SEM CAMPINA GRANDE FICA DIFICIL

Enquete

 

Rádio Online

Subir

tiaolucena@gmail.com

Tião Lucena - Todos os Direitos reservados